Divã

Crônica 364 – Vida sem sentido

Muito se fala sobre Destino e assim aparecem justificativas para um vazio existencial, mecanismo inconsciente que coloca o indivíduo sem objetivo na vida, tirando o prazer de realizar alguma coisa. Pode ser considerada uma fuga da realidade, levando a ações de efeitos aleatórios.A existência fica sem propósito e com isso não desperta entusiasmo para mudar as atitudes, gerando resignação e submissão contra as forças do Destino, com pensamentos aniquiladores: “Para que fazer isto? Não vale a pena lutar, pois é muito difícil. Trabalho somente para sobreviver, pois não consigo pensar em mais nada que desperte meu interesse”.Simplesmente sobreviver, dia após dia, não é o bastante para a satisfação de uma pessoa, o ego fica aniquilado e se move por pulsões sem significado. A vida fica resumida em uma cadeia de eventos aleatórios e tudo o que se consegue fazer é apenas cumprir com obrigações, levando a um estado de angústia por não atribuir algum sentido às coisas da vida.Não é raro sentir-se pequeno, impotente e infeliz diante de um mundo caótico e não entender que o que sente é o que está visualizando, não conseguindo mudar seu olhar para outra realidade. Instala-se um giro predominante de faltas e falhas no desenvolvimento emocional primitivo, que parecem verdadeiros buracos negros à espera (vã) de serem preenchidos. Cada pensamento, lembrança, sentimento e escolha que fizermos ficam irrelevantes, sem graça, o que se faz é só por fazer e nada mais, sem sabor, podendo culminar com a depressão. É uma Patologia do Vazio.Para não viver com essa angústia que aniquila qualquer um, é necessário buscar ajuda profissional que possa estimular um novo sentido na vida.Listar as suas questões pessoais não resolvidas, tais como: quem sou, para que estou aqui, para onde vou – e procurar respostas através de novos aprendizados, com leituras apropriadas, ajudarão a formação de um conceito de orientação para alcançar o importante sentido, ou seja, definir seu norte.É importante sair da rotina, se permitir novas experiências e estabelecer compromisso com os seus desejos, para que com isso se produza a energia vital indispensável para se mover em direção a alguma coisa. O mundo só passa a ter significado quando projetado e entendido por nós. As imagens da percepção funcionam como chaves para libertar nosso potencial emocional e intelectual. Nossa mente utiliza um código para traduzir imagens em pensamentos e sentimentos.Como não conhecemos as capacidades que habitam nosso inconsciente, passa a ser de nosso domínio liberar o que está reprimido: isso se faz utilizando a Neurolinguística, principalmente para se amar mais e se permitir viver em plenitude com tudo que a natureza nos oferece. Dizer “Eu sou capaz e vou conseguir o que desejo” é uma forma de incutir na mente a sua verdade interior para interagir com o exterior, com força para derrubar todos os pensamentos nefastos. É praticando que se alcança a habilidade de executar qualquer tarefa e, assim, dar um verdadeiro sentido à Vida.

Comentários