SLIDER
02/12/2016 às 15:23:27

Grátis

Sesc abre inscrições gratuitas para curso de gaita-ponto

1

O Sesc em Santa Catarina informa que estão abertas as inscrições para bolsas de estudos gratuitas para o curso de gaita-ponto, do projeto “Fábrica de Gaiteiros”, oferecidas pelo Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG). O projeto atende crianças e adolescentes, de 7 a 15 anos, que aprendem a tocar gaita-ponto, instrumento que projetou Borghetti para o Brasil e exterior. O Edital 006/2016, disponível no site do sesc-sc.com.br, disponibiliza 35 vagas gratuitas de bolsas no Projeto - \\\"Fábrica de Gaiteiros\\\". 

As inscrições são gratuitas, e podem ser feitas pelos pais ou responsáveis, no Sesc em Lages, na Avenida Dom Pedro II, 1693 - Bairro Universitário - Lages. Para se candidatar no processo seletivo de ingresso ao PCG, o responsável legal precisa comprovar renda familiar bruta de até três salários mínimos, ou seja, R$ 2.640,00 e atender os seguintes requisitos básicos: ser preferencialmente dependente de comerciário; ou estar matriculado ou ser egresso da educação básica da rede pública de ensino. 

As aulas são gratuitas, individuais, uma vez por semana, no Centro Cultural Vidal Ramos - Sesc. O instrumento é disponibilizado ao aluno, que também pode levar para estudar em casa. As gaitas cedidas aos alunos são confeccionadas pelo projeto de Renato Borghetti, com madeira certificada de eucalipto, proveniente de plantios renováveis. 

O lançamento oficial do projeto social “Fábrica de Gaiteiros”, aconteceu no dia 22 de novembro, no Centro Cultural Vidal Ramos, e é uma parceria entre o Sesc em Santa Catarina e o Instituto Renato Borghetti de Cultura e Música. Criado pelo músico gaúcho Renato Borghetti, o projeto é voltado à educação musical de crianças e jovens, através do ensino do acordeão diatônico, instrumento conhecido popularmente na região Sul do Brasil como gaita de oito baixos. 

“Uma coisa eu garanto, vai ter muita criança tocando gaita-ponto em Lages em menos tempo do que se imagina. Assim como acontece no Rio Grande do Sul, tenho certeza que esse projeto será muito positivo para Santa Catarina, pois tem um envolvimento muito grande da comunidade e dos familiares dos alunos, de uma forma bonita e emocionante. Agradeço ao Sesc por acreditar nessa ideia e oportunizar que a Fábrica de Gaiteiros ultrapasse as fronteiras. Essa parceira nos traz a tranquilidade de sabermos que estamos no caminho certo”, salienta Renato Borghetti.

Comentários